Distúrbios da Tireóide

A tireóide é uma pequena glândula em forma de borboleta localizada na base do pescoço. Ela faz parte do sistema endócrino, que é responsável por coordenar muitas das atividades do seu corpo. A glândula tireóide fabrica hormônios que regulam o metabolismo do seu corpo.

Vários distúrbios diferentes podem surgir quando sua tireoide produz hormônio em excesso (hipertireoidismo) ou não o suficiente (hipotireoidismo). A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) estima que 60% da população brasileira venham desenvolver algum nódulo na tireoide, seja criança, adulto ou idoso. A estimativa é que desses 5% sejam cancerígenos.

Como uma das formas de manifestação dos distúrbios da tireóide, podemos citar o Hipertireoidismo e o Hipotireoidismo. 

No hipertireoidismo, a glândula tireoide está hiperativa. Ele produz muito de seu hormônio e afeta, sobretudo, mulheres de 20 a 40 anos, mas também pode se instalar em homens e idosos. Em seu estágio avançado, pode apresentar sintomas como perda de peso sem motivo aparente, fadiga, transpiração em excesso, fraqueza muscular, tremor nas mãos, diarréias frequentes, menstruação irregular, ansiedade e irritabilidade.

Já o hipotireoidismo é o oposto do hipertireoidismo. A glândula tireóide está hipoativa e não consegue produzir hormônios suficientes. Dados apontam que cerca de 1 a cada 4 brasileiros sofrem com hipotiroidismo, mas não tratam ou o fazem inadequadamente. Além disso, estima-se que 4,7 milhões de pessoas com a doença no Brasil, ainda não foram diagnosticadas.

Embora não seja possível prevenir doenças da tireoide, suas complicações podem ser prevenidas através de um diagnóstico correto, seguido por tratamento. Consulte um endocrinologista para esclarecer todas as suas dúvidas. 

Aqui na VidaClass você tem acesso aos melhores endocrinologistas do país, basta acessar o nosso site agendar uma consulta: www.vidaclass.com.br

Anemia: o que é e como combater

A anemia é definida como um baixo número de glóbulos vermelhos. Em um exame de sangue de rotina, a anemia é relatada como hemoglobina baixa ou hematócrito. A hemoglobina é a proteína principal dos glóbulos vermelhos. Ela carrega oxigênio e o distribui por todo o corpo. Se alguém tiver anemia, isso significa que o nível de hemoglobina também estará baixo. Se estiver baixo o suficiente, os tecidos ou órgãos podem não receber oxigênio suficiente. Os sintomas de anemia, como fadiga ou falta de ar, ocorrem porque seus órgãos não estão recebendo o que precisam para funcionar como deveriam.

Mulheres, crianças pequenas e pessoas com doenças de longa duração têm maior probabilidade de ter anemia. No Brasil, dados da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher de 2006 apontam que 29,4% das mulheres de 15 a 49 anos apresentavam anemia, enquanto a prevalência em crianças foi de 20,9%.

Existem muitos tipos de anemia. Todos têm diferentes causas e tratamentos. Algumas formas – como a anemia leve que ocorre durante a gravidez – não são uma grande preocupação. Mas alguns tipos de anemia podem refletir uma condição médica subjacente séria.

Os sinais de anemia podem ser tão leves que você pode nem notá-los. A certa altura, à medida que as células sanguíneas diminuem, os sintomas costumam se desenvolver. Dependendo da causa da anemia, os sintomas podem incluir:

 

 

  • Tonturas, vertigens ou sensação de estar prestes a desmaiar
  • Batimento cardíaco rápido ou incomum
  • Dor de cabeça
  • Dor, incluindo nos ossos, tórax, barriga e articulações
  • Problemas de crescimento para crianças e adolescentes
  • Falta de ar
  • Pele pálida ou amarela
  • Mãos e pés frios
  • Cansaço ou fraqueza

 

 

Uma alimentação balanceada, rica em ferro, ácido fólico, vitaminas B12 e C é essencial para manter o bom funcionamento do corpo e, principalmente, garantir a produção da hemoglobina.

É importante também sempre estar atento aos sintomas e fazer exames periodicamente. Aqui na VidaClass você tem acesso aos melhores profissionais e laboratórios do país! Acesse a nossa plataforma e marque um horário hoje mesmo: www.vidaclass.com.br

Vacinas: tipos e reações

A vacina surgiu pela primeira vez em 1978, graças ao médico e cientista inglês Edward Jenner. De lá para cá, essa tecnologia foi a responsável pela cura e erradicação de doenças em todo o globo. 

Mas por que precisamos nos vacinar? As vacinas ensinam o nosso corpo a lutar contra infecções, impedindo a contaminação de algumas doenças ou tornando seus sintomas mais leves. 

Seguem esse mesmo princípio as vacinas que estão em teste para tratar o novo Coronavírus, que atualmente trabalham com quatro principais técnicas:

 

Vacinas de vírus inativado: essa é uma das formas mais comuns de imunização disponíveis no mundo, basicamente contém amostras do vírus morto (inativado);

Vacinas de vetor viral: o vírus é modificado em laboratório (incapaz de se replicar) e é inserido nele a proteína ativa de outro vírus, fazendo com que o corpo produza uma resposta imunológica ao mecanismo de ataque do vírus; 

Vacinas genéticas: gera a produção voluntária de defesas do organismo, ao inserir no corpo ácidos nucléicos do vírus;

Vacinas proteicas sub-unitárias: são produzidas apenas com fragmentos do vírus. Essas proteínas isoladas criam o mecanismo de imunização. 

Todas elas têm por objetivo expor o indivíduo a um antígeno, porém não são capazes de causar a doença. Além disso, provocam uma resposta que pode matar ou bloquear o vírus no organismo. 

Até o momento, pouquíssimas reações foram relatadas, entre as mais de 3 milhões de pessoas vacinadas no mundo. Porém, ainda não há estudos conclusivos em relação à imunização de gestantes, lactantes, crianças e pessoas com alergias severas. 

Conversar com um profissional da saúde capacitado é sempre a melhor recomendação. Por isso, para saber se você está apto para essa e outras imunizações, marque uma consulta hoje mesmo, através da nossa plataforma de telemedicina e fale com um médico sem sair de casa. Acesse: www.vidaclass.com.br/telemedicina

Dia Mundial do Câncer: prevenção

O Dia Mundial do Câncer é uma iniciativa da Union for International Cancer Control (UICC), a maior e mais antiga organização internacional do câncer, dedicada a liderar iniciativas de defesa para reduzir a carga global da doença, garantir maior equidade e integrar o controle do câncer à agenda mundial de saúde e desenvolvimento.

De acordo com um estudo publicado pela revista médica The Lancet, o Câncer ocupa o segundo lugar de doenças que mais causam mortes no Brasil, atrás apenas das cardiovasculares. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) aponta também que entre 2020 e 2022 ocorrerão cerca de 625 mil casos anualmente. 

Mas então, o que fazer para contribuir com o controle da doença? Além de políticas públicas e campanhas focadas na saúde, existem algumas recomendações que, se seguidas, podem contribuir para a prevenção dos mais variados tipos de câncer. Abaixo, listamos algumas:

 

 

  • Saúde: mantenha seu peso dentro de uma faixa saudável e evite o ganho de peso na vida adulta;

 

 

  • Seja fisicamente ativo: seja fisicamente ativo como parte da vida cotidiana – ande mais e sente menos;

 

 

  • Alimente-se corretamente: faça grãos integrais, vegetais, frutas e leguminosas como feijão e lentilha, uma parte importante de sua dieta diária normal. Além disso, evite a ingestão de comidas processadas e fast food;

 

 

  • Diminua o consumo de álcool, refrigerante e bebidas artificialmente adoçadas.

 

Existem alguns tipos de câncer que, se diagnosticados precocemente, têm chances de cura de até 99%, por isso, é muito importante fazer exames médicos periodicamente. 

Não deixe a sua saúde de lado! Através da VidaClass você pode agendar consultas e exames de forma fácil, rápida e sem taxa de adesão. Acesse o nosso site para mais informações: www.vidaclass.com.br

Artroses nas mãos: principais fatores e tratamentos

Muitos ossos do corpo, incluindo os dos pulsos e das mãos, são protegidos por cartilagem. A cartilagem pode se desgastar com o tempo. Como resultado, uma pessoa pode ter uma condição conhecida como osteoartrite, também conhecida por artrose.

As mulheres têm maior probabilidade de sofrer de osteoartrite do que os homens, e as causas mais comuns incluem idade, movimento repetitivo das articulações e trauma. A genética também pode desempenhar um fator no desenvolvimento da osteoartrite.

A artrite nas mãos também pode ser causada por artrite reumatóide ou artrite pós-traumática e enquanto a osteoartrite se deve a alterações degenerativas na cartilagem, a AR é o resultado de uma doença auto-imune.

Embora uma pessoa possa ter AR em qualquer idade, a idade de início mais comum é entre 40 e 60 anos. Além disso, também é possível ter artrite pós-traumática nas mãos, ou seja, depois que uma pessoa danificou as mãos, como em um acidente ou lesão esportiva.

Dedos ou pulsos quebrados ou torcidos também podem causar artrite pós-traumática. As lesões podem acelerar a degradação da cartilagem protetora, bem como causar inflamação.

Infelizmente ainda não há cura para nenhum tipo de artrite nas mãos. O tratamento se concentra no alívio da dor e no controle da condição subjacente e em casos raros, o médico pode recomendar cirurgia para reparar uma articulação do dedo gravemente danificada.

Apenas o médico poderá te informar o tratamento que melhor tratá resultados para cada caso. Aqui na VidaClass você pode encontrar os melhores reumatologistas do país. Visite o nosso site ou baixe o nosso app e agende uma consulta hoje mesmo! Acesse: www.vidaclass.com.br

Dia Mundial do Terapeuta Ocupacional

O Dia Mundial da Terapia Ocupacional foi lançado em 27 de outubro de 2010. Desde então, tornou-se uma data importante no calendário da saúde para promover e celebrar a profissão internacionalmente.

Os terapeutas ocupacionais ajudam as pessoas a melhorar sua capacidade de realizar as tarefas necessárias em seu dia-a-dia. Eles auxiliam os pacientes com incapacidades físicas, de desenvolvimento, emocional ou mental (de derrames a transtorno de déficit de atenção). 

Vários tratamentos podem ser indicados para ajudar os pacientes a manter, recuperar ou mesmo desenvolver suas habilidades diárias e de trabalho, incluindo (mas não se limitando a) funções motoras básicas e até mesmo habilidades de raciocínio.

Em outras palavras, a Terapia Ocupacional busca auxiliar pacientes que possuem dificuldades para realizar atividades cotidianas, como tarefas de autocuidado (escovar os dentes, tomar banho, se alimentar, etc) e também atividades sociais variadas.

A Terapia Ocupacional possui diversos ramos, entre elas a reabilitação, gerontologia, reintegração social, desenvolvimento educacional e saúde mental/ psiquiátrica.

Aqui na VidaClass você terá acesso aos melhores terapeutas ocupacionais. Basta entrar no nosso site e encontrar o profissional que melhor atende às suas necessidades. Acesse o nosso site e marque uma consulta hoje mesmo: www.vidaclass.com.br

Como evitar dores nas costas durante o home office

Com a pandemia do COVID-19, muitas empresas passaram a aderir ao formato de home-office. Se você trabalha para uma dessas empresas, pode estar percebendo novas dores e sofrimentos que não sentia no escritório. Isso porque, embora não seja obrigatório, muitas empresas seguem um padrão no design de suas estações de trabalho, equipando o escritório com móveis ergonômicos e acessórios.

Então, que providências podemos tomar para evitar essas dores? Separamos algumas dicas importantes que podem te ajudar a melhorar o dia-a-dia:

Monitor na altura certa:

A tela à sua frente deve estar a uma altura de visualização confortável. Você não deve abaixar a cabeça e nem incliná-la para evitar dores no pescoço e futuros problemas na coluna cervical. Caso você trabalhe com dois monitores ou com um notebook, pode ser necessário colocá-lo em uma pilha de livros ou em uma caixa de papelão para que fique em uma posição de visualização confortável, bem à sua frente.

Evite descanso de pulso muito macios:

O excesso de maciez pode dar a falsa sensação de suporte, porém, ao colocar qualquer coisa sob seus pulsos, você também adiciona compressão nos tendões flexores dos dedos e no nervo mediano, o que pode aumentar o risco de síndrome do túnel do carpo.

Sente do jeito certo:

Ao sentar-se, seus pés devem se apoiar totalmente no chão ou em um apoio para os pés. Se seus pés não alcançam o chão, use uma caixa, pilha de livros, almofada ou apoio para os pés. Não coloque-os para baixo da cadeira nem os deixe balançar no ar – isso coloca pressão sob as coxas, restringe o fluxo sanguíneo para a parte inferior das pernas e pés e aumenta o risco de trombose venosa profunda.

Cuidar da sua saúde é essencial para uma vida plena. Caso sinta dores, não deixe de consultar um médico. Aqui na VidaClass você tem acesso aos melhores ortopedistas do Brasil, basta acessar o nosso site ou baixar o app para agendar uma consulta. Fácil, rápido e com um preço que cabe no seu bolso. Visite o nosso site e saiba mais: www.vidaclass.com.br

Cuidados com a saúde durante o verão

O verão chegou e com ele também vem uma infinidade de problemas de pele, cabelo e saúde como insolação e alergias. Essa época do ano também exige uma mudança na dieta e alguns cuidados especiais. 

Separamos para vocês algumas dicas essenciais de cuidados que você pode tomar com a sua saúde no verão:

Evite a Insolação:

A insolação é mais perigosa do que a desidratação e afeta as funções normais do corpo em minutos. Dor de cabeça e tontura também acompanham a insolação e causam danos graves. Crianças e idosos são mais suscetíveis a esse quadro, por isso, se você planeja ficar ao ar livre o dia todo, leve bastante líquido.

Incorpore frutas vermelhas na sua dieta:

Durante os meses mais quentes do ano, é necessário enriquecer a sua dieta com algumas vitaminas. A ingestão de frutas vermelhas (amoras, framboesas, mirtilos ou morangos) em qualquer forma (in natura / suco) te ajudará a prevenir os danos aos tecidos causados pelo calor. Além disso, essas frutas são ricas em antioxidantes e mantêm o colesterol sob controle.

Respeite seus limites:

Caso você ultrapasse os seus limites de exposição ao sol, descanse em local fresco. Beba sucos naturais ou bebidas enriquecidas com eletrólitos. Não volte para atividades externas, mesmo depois que se sentir melhor, pois isso pode levar à exaustão.

Mantenha a saúde em dia:

Não deixe de procurar um médico caso tenha sintomas de desidratação como tontura, fraqueza, cansaço excessivo e dores de cabeça. 

Aqui na VidaClass você consegue agendar a sua consulta de forma rápida, com os melhores médicos do Brasil. Acesse o nosso site e saiba mais: www.vidaclass.com.br

Promessas saudáveis para o ano novo

O ano de 2021 está chegando e assim como muitos outros é normal pensar em novas possibilidades para virar a página e se comprometer em melhorar os hábitos. 

De acordo com um estudo da Universidade de Scranton, apenas 8% das pessoas alcançam suas resoluções de ano novo. Por isso, nós queremos ajudá-lo a dar o melhor de si com ideias para hábitos saudáveis e sustentáveis. 

Antes de começar com metas mirabolantes, simplesmente comprometa-se a ser uma pessoa melhor. Seja gentil consigo mesmo. Honre as mudanças saudáveis que você já fez enquanto renova a promessa de continuar essa jornada saudável. Mais importante, pare de se criticar ao longo do caminho.  Não importa se você fica com um, se interessa por todos eles ou apenas tenta algo novo, você está assumindo um compromisso importante consigo mesmo e com seu bem-estar.

Alivie a estresse:

Se você não consegue se livrar do estresse, faça de 2021 o seu ano para finalmente domar esse problema, seja por meio de dieta, exercícios ou outros métodos calmantes. Muitas pessoas dizem que não têm tempo, mas a redução do estresse é uma ferramenta essencial para recarregar seu corpo, mente e espírito. Sem relaxar, os efeitos do estresse continuarão a impactar seu corpo de forma negativa.

Priorize o café da manhã:

De acordo com o Rush University Medical Center, quando você pula o café da manhã, seu corpo interpreta isso como uma mensagem para conservar calorias em vez de queimá-las. Começar o dia com uma refeição nutritiva pode ajudá-lo a comer menos durante o dia e a fazer melhores escolhas durante as refeições.

Além disso, o café da manhã ajuda a controlar um apetite saudável para o final do dia, garantindo que você não fique faminto mais tarde, o que pode desencadear hábitos alimentares pouco saudáveis, como a compulsão alimentar.

Agende um check-up:

Ano novo, vida nova! Se você tem adiado as consultas médicas, dentista ou fazer um exame específico, mude isso! Faça uma resolução para acompanhar os exames de que você precisa, dependendo de sua idade, sexo e histórico de saúde.

Aqui na VidaClass é possível agendar consultas e exames sem sair de casa, com os melhores profissionais do Brasil e com um preço justo. Acesse o nosso site ou baixe o app hoje mesmo e cuide do que mais importa: a sua saúde. Visite: www.vidaclass.com.br

Dicas para manter a saúde em dia no fim do ano

Esse final de ano será um pouco diferente dos demais. Por conta da pandemia do Coronavírus e enquanto a vacina não chega, as aglomerações devem ser evitadas. Embora essas ameaças virais possam ser diferentes do normal, a verdade é que muitas estratégias já usadas em um cenário pré-pandemia devem ser mantidas e reforçadas. 

De acordo com Michael Starnbach, professor de microbiologia da Harvard Medical School, há algumas dicas que podem nos ajudar a nos manter a nossa saúde e a saúde dos nossos entes queridos em dia nesse fim de ano:

1- Limpe as mãos: ter uma boa higiene não é nenhuma novidade. Lavar com água e sabão simples e desinfetá-las com álcool em gel pode a ajudar a impedir a transmissão de germes de uma superfície infectada para os olhos, nariz e boca. 

2- Use a máscara: atualize-se das recomendações locais e estaduais de uso de máscaras em público e evite aglomerações (principalmente em ambientes fechados).

3- Não deixe de consultar um médico com frequência: por medo de se expor a doenças, muitas pessoas evitam consultas médicas e exames de rotina. Porém, segundo Starnbach esse é um grande erro que pode nos expor a um risco ainda maior. Aqui na VidaClass você pode fazer uso da nossa plataforma de telemedicina para agendar uma consulta e falar com os melhores médicos do Brasil sem precisar sair de casa. 

4- Alimente-se de forma saudável e faça exercícios: prepare o seu sistema imunológico para combater doenças de forma eficaz, mantendo seu corpo saudável. Siga uma dieta rica em nutrientes que inclua muitas frutas, vegetais e grãos inteiros. Além disso, faça exercícios regularmente e durma o suficiente.